Análise das práticas de ensino da metodologia de investigação na elaboração do trabalho de fim de curso

Jutema Hebo Quitumba, Juan Antonio López Nuñez, Natalia Campos Soto

Resumen


O presente estudo está centrada na melhoria do desempenho e elevação da taxa de rendimento académico. Analisou os efeitos das práticas de ensino da metodologia de investigação científica na elaboração do trabalho de fim de curso de graduação e, decorre, em grande parte, dos estudos desenvolvidos nos Estados Unidos da América, União Europeia e no Brasil.A pesquisa seguiu a perspectiva da metodologia quantitativa  e qualitativa e a norma/formato da American Psychological Association (APA) para a redação textual. Usou inquérito por questionário. Recorreu a técnica de análise de dados e o software SPSS (Statistical Package for the Sciences). O Estudo, muito além da questão de estruturação curricular, o caracter passivo pelo qual é conduzido o processo de ensino, que, não isentam de conferir resultados quantitativos, não está relacionada com o rendimento académico, evidenciando a necessidade de qualificação do corpo docente em matéria de metodologia  de ensino.


Referencias


Anastasi, A. (1990). Psychological testing. New York: McMillan.

Cardoso, J. (2013). O Professor do Futuro. 1 ª Edição. Guerra e Paz, Editores, S.A.

Cronbach, L.J. (1951). Coefficient alpha and the internal structure of tests. Psychometrika. 16, 297-334.

DeVellis, R.F. (1991). Scale Development. Theory and applications. London: Sage Publications.

Freire, P. (2009). Pedagogia do Oprimido. 48ª Reimpressão. Editora Paz e Terra S/A. Brasil.

Freire, P. (2012). Pedagogia da Autonomia. Saberes necessários à prática educativa. Edições Pedago, Lda. Portugal.

Freixo, M. (2012). Metodologia Cientifica. 4 ª Edição. Instituto Piaget. Lisboa. Portugal

Maroco, J. (2011). Análise Estatística com o SPSS Statistics. 5.ª Edição. Edições ReportNumber.

Pestana, Maria Helena; Gageiro; João Nuno (2008). Análise de dados para Ciências Sociais - A complementaridade do SPSS. 5.ª Ed. Rev. e corrigida, Edições Sílabo, Lisboa.

Porto editora (2008). Dicionário da Língua Portuguesa. Departamento de dicionários da Porto Editora: Porto Portugal.

Ribeiro, D. (2014). Práticas Pedagógicas. Plural Editores. Grupo Porto Editores. Porto Editora Lda. Portugal.

Sousa, A. (2009), Introdução à gestão uma abordagem sistémica. Editorial Verbo. 1ª Edição.

Sousa, A. (2009). Investigação em educação. Livros horizontes, Lda. 2a Edição.Lisboa. Portugal.

Stevens, J. (1996). Applied multivariate statistics for the social sciences (3rd edn). Mahway, NJ: Lawrence Erlbaum.


Palabras clave


PRÁTICAS DE ENSINO; COMPETÊNCIAS; RENDIMENTO ACADÉMICO

Texto completo:

PDF HTML


DOI: http://dx.doi.org/10.24310/innoeduca.2017.v3i1.2265

Métricas de artículo

Visitas Citas ( veces) Discutido ( veces) Guardado ( veces)
Lecturas del abstract: 55
Descargas del pdf: 227
- Crossref:
- Scopus:
- Wos:
- Twitter:
- Facebook:
- Reddit:
- ScienceSeeker:
- Research Blogging:
- Mendeley:
- CiteUlike:

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.




Sede editorial: Facultad de Ciencias de la Educación
Universidad de Málaga - Campus de Teatinos
Bulevard Louis Pasteur 25
29010 - Málaga (España)
Teléfono: +34 952132944
Correo electrónico: teijournal@uma.es

EDITA: Grupo de Investigación InnoEduca
Web: http://www.revistas.uma.es/index.php/innoeduca/index
Correo electrónico: innoeduca@uma.es


Innoeduca. International Journal of Technology and Educational Innovation

ISSN: 2444-2925

DOI: 10.24310




IJTEI sólo se publica en formato digital


Servicio de Publicaciones y Divulgación
Vicerrectorado de Investigación y Transparencia
Universidad de Málaga
Bulevar Louis Pasteur, 30.
Campus de Teatinos.
CP: 29010. Malaga.

http://www.uma.es/servicio-publicaciones-y-divulgacion-cientifica

Atención al público:
Lunes a viernes de 9:00 a 14:00 horas.