Contenido principal del artículo

Augusto Domingos Chipuca
Universidad de Granada
Angola
Antonio-Manuel Rodríguez-García
Universidad de Granada
España
http://orcid.org/0000-0003-3394-2777
José María Sola Reche
Universidad de Alicante
España
Vol. 5 Núm. 1 (2019), Artículos, Páginas 43-54
DOI: https://doi.org/10.24310/innoeduca.2019.v5i1.2607
Derechos de autor Cómo citar

Resumen

O presente artigo com o título, “Liderança do Director-Um desafio permanente na Escola de Professores do Futuro em Benguela”, tem por objectivo apresentar um estudo sobre a liderança do Director nesta escola. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, descritiva e exploratória na qual procuramos explorar o que vários autores têm postulado sobre liderança e buscamos também a percepção do corpo docente e o da direcção da escola sobre o assunto, através de inquérito a professores e entrevista aos responsáveis da escola. Para o efeito, procedemos a pesquisa bibliográfica e exploração de literatura variada, dissertações, relatórios e outros documentos aos quais juntamos os nossos conhecimentos gerais. Isto nos permitiu ter uma visão mais ampla sobre liderança, buscar paralelismos e diferenças entre conceitos, teorias e paradigmas de diferentes autores. Foram também consultadas obras nas quais não extraímos matéria alguma, mas constituíram importante fonte de inspiração para reflectir melhor e criar ideias para enriquecer este artigo. A nossa pesquisa desenvolveu-se com base num problema concreto sobre a liderança desta escola, que pertence a um seguimento específico de escolas destinadas à formação de professores. Os dados recolhidos foram analisados estatisticamente com recurso ao programa SPSS e Excel que geraram gráficos que expressam por meio das frequências e percentagens o pensamento dos professores. Na discussão dos resultados procedemos a uma interpretação qualitativa dos mesmos onde realçamos os contrastes e semelhanças na apreciação que os professores efectuaram. Nas conclusões expusemos as nossas ideias que expressam o nosso juízo de valor para evidenciar a nossa dedução em relação as ideias extraídas dos dados analisados.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Detalles del artículo

Referencias

Afonso, N. (2005). Investigação Naturalista em Educação. Um guia prático e crítico. Porto: Edições Asa.

Bento, A. V. (2008). Desafios à liderança em contextos de mudança. Funchal: CIE-Uma.

Bernardinho (2006). Transformando suor em ouro. Rio de Janeiro: Sextante.

Bilhim, J. A. F. (2006). Teoria Organizacional-Estruturas e Pessoas. Lisboa: Instituto Superior de Ciências Sociais e Politicas.

Carapeto, C., e Fonseca, F. (2006). Administração pública – Modernização, Qualidade e Inovação. Lisboa: Edições Sílabo.
Costa, J. A. (1996). Imagens Organizacionais da Escola. Porto: Edições ASA.

Coutinho Campos, F. A., & Rocha Hidalgo, F. S. (2016). O ensino superior e a convergência educativa. EDMETIC, 5(1), 165-176.

Chiavenato, I. (2003). Introdução à teoria geral da administração. (7ª ed.). Rio de Janeiro: Editora Campus.

Fullan, N. (2003). Liderar Numa Cultura de Mudança. (1ª ed.). Porto: ASA Editores.

Gil, A. C. (1999). Métodos e técnicas de pesquisa Social. S. Paulo: Editora Atlas S.A.

González, M. L. C. (2011). Recursos educativos TIC de información, colaboración y aprendizaje. Pixel-Bit. Revista de medios y educación, (39), 69-81.

Guerra, M. A. S. (2002). Entre bastidores: o lado oculto da organização escolar. Porto: Edições ASA.

Kumpulainen, K., Kajamaa, A., & Rajala, A. (2018). Understanding educational change: Agency-structure dynamics in a novel design and making environment. Digital Education Review, (33), 26-38.

Marconi, M. A., e Lakatos, E. M. (2006). Técnicas de pesquisa. (6ªed.) São Paulo: Editora atlas.

Mehdinezhad, V., & Sardarzahi, Z. (2016). Leadership behaviors and its relation with principals’ management experience. Journal of New Approaches in Educational Research (NAER Journal), 5(1), 11-16.

Moscovici, F. (1995). Desenvolvimento Interpessoal. Rio de Janeiro: José Olympio.

Novo, D. V. Chenicharro, E. A. A., y Barradas, M. S. S. (2009). Liderança de Equipas. Rio de Janeiro: FGV.

Pashiardis, P. (2014). Modeling School Leadership Across Europe. In search of new frontiers. Dordrecht: Springer.

Sergiovanni, T. J. (2004a). Novos Caminhos Para a Liderança Escolar. Porto: ASA Editores.

Sergiovanni, T. J. (2004b). O mundo da liderança. Desenvolver culturas, práticas e responsabilidade pessoal nas escolas. Porto: Edições Asa

Silva, E., Tafner, E. P., Fischer, J., y Tafner, M. A., (2010). Metodologia do Trabalho Académico. (3ª ed.). Curitiba: Juruá